Viabilidade econômica da terceirização ou compra de frota de veículos para empresa de fertilizantes minerais

Autores

  • João Bosco Diniz
  • Michel Augusto Santana Paixão

DOI:

https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2017.3.49

Palavras-chave:

comparativo custos, comparativo rentabilidade, valor presente líquido

Resumo

A redução dos custos operacionais de frotas de veículos rodoviários no Brasil, bem como a realização de investimentos nessa área, são de extrema importância para a competitividade das empresas do setor. O objetivo deste estudo foi realizar uma análise de dados comparativos entre os custos de uma frota própria de uma empresa de fertilizantes minerais com a opção de frota terceirizada, utilizando o método de Valor Presente Líquido [VPL], descrevendo os procedimentos, e analisando os resultados para verificar qual opção geraria mais lucro para a empresa, sendo a escolha por frota própria a mais lucrativa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Bosco Diniz

Mestre em Engenharia Automotiva pela Escola Politécnica da USP

Michel Augusto Santana Paixão

Doutorando em Economia Aplicada pela ESALQ/USP

Referências

Atkinson, A.A.; Banker, R.D.; Kaplan, R.S.; Young, M. 1997. Contabilidade Gerencial. Atlas, São Paulo, São Paulo, Brasil.

Banco Central do Brasil [BCB]. 2016. Correção de valores. Disponível em: <https://www3.bcb.gov.br/CALCIDADAO/publico/exibirFormCorrecaoValores.do?method=exibirFormCorrecaoValores>. Acesso em: 09 nov. 2016.

Bodie, Z.; Merton, R.C. 1999. Finanças. Bookman, Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brasil.

Brito, F.S.; Duarte, J.M.; Soares, M.E.S. 2014. Terceirização da frota de veículos oficiais: a experiência Mineira com a locação de veículos administrativos, operacionais e de representação. In: VII Congresso CONSAD de Gestão Pública, Brasília, DF, Brasil. Disponível em: <http://banco.consad.org.br/handle/123456789/1055 >. Acesso em: 09 nov. 2016.

Cervo, A.L.; Bervian, P.A. 2002. Metodologia científica. Prentice Hall, São Paulo, São Paulo, Brasil.

Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo [Detran]. 2016. Taxas / IPVA / DPVAT. Disponível em: <https://www.detran.mg.gov.br/veiculos/taxas-ipva-seguro-dpvat/seguro-transito-dpvat>. Acesso em: 08 nov. 2016.

Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas [FIPE]. 2016. Preço médio de veículos. Disponível em: <http://veiculos.fipe.org.br/>. Acesso em: 09 nov. 2016.

Gitman, L.J. 1997. Princípios de Administração Financeira. Harbra-Harper & Row do Brasil, São Paulo, São Paulo, Brasil.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística [IBGE]. 2016. Indicadores de preços. Disponível em: <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/indicadores/precos/inpc_ipca/ipca-inpc_201610_1.shtm>. Acesso em: 07 nov. 2016.

Lankford, W.M.; Parsa, F. 1999. Outsourcing: a primer. Management Decision 37(4): 310-316.

Receita Federal. 2016 a. Instrução Normativa SRF Nº 130, de 10 de novembro de 1999. Estabelece a taxa de depreciação para fins contábeis. Disponível em: http://normas.receita.fazenda.gov.br/sijut2consulta/link.action?visao=anotado&idAto=14884#795010. Acesso em: 07 nov. 2016.

Receita Federal. 2016 b. Instrução Normativa RFB nº 1585, de 31 de agosto de 2015. Dispõe sobre o imposto sobre a renda incidente sobre os rendimentos e ganhos líquidos auferidos nos mercados financeiro e de capitais. Disponível em: http://idg.receita.fazenda.gov.br/acesso-rapido/legislacao/legislacao-por-assunto/imposto-de-renda-pj. Acesso em: 07 nov. 2016.

Secretária de Estado de Fazenda. 2016. IPVA – Como se calcula o valor. Disponível em: http://www.fazenda.mg.gov.br/empresas/impostos/ipva/calculo.htm. Acesso em: 10 nov. 2016.

Schniederjans, M.J.; Schniederjans, A.M.; Schniederjans, D.G. 2015. Outsourcing and Insourcing in an International Context. Routledge, Nova Iorque, Nova Iorque, Estados Unidos da América.

Downloads

Publicado

31-08-2017

Como Citar

Diniz, J. B., & Paixão, M. A. S. (2017). Viabilidade econômica da terceirização ou compra de frota de veículos para empresa de fertilizantes minerais. Revista IPecege, 3(3), 49–55. https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2017.3.49

Edição

Seção

Artigo Original - Gestão de Negócios