A importância do planejamento estratégico associado à utilização de ferramentas de controle para maximização da lucratividade em confinamento de gado de corte

Stefan Braren Damato, Suzana Eri Yotsuyanagi

Resumo


O mercado de confinamento demonstra alto grau de complexidade quanto às variáveis que o influenciam, gerando dificuldade no estabelecimento de diretrizes estratégicas para a atividade. A necessidade de gerar milhares de simulações de resultados para que se tornasse possível uma visão ampla de negócios levou à criação de uma ferramenta que cruzasse a maior quantidade possível de dados técnicos e mercadológicos, concatenasse as informações disponíveis e retornasse cenários de forma direta ao gestor, possibilitando a este, a determinação de objetivos e estratégias que aumentariam a competitividade da empresa. Para tanto, foi estudado um confinamento no estado de Goiás, em que foram obtidas informações reais de produção e resultados financeiros no ano de 2012. Foram comparados cenários reais e simulados, com a finalidade de se comparar o EBITDA, além de ser apresentada uma breve explanação sobre os fatores que tem direta influência sobre os cálculos realizados. Os estudos demonstram que a utilização de um plano estratégico pode contribuir positivamente para a lucratividade ao responder o melhor momento de confinar, o perfil dos animais, e o período ideal de manutenção no regime de engorda. Por questão de confidencialidade empresarial, não foi autorizada a divulgação da fonte dos dados.

Palavras-chave


análise de mercado; controladoria; planejamento estratégico

Texto completo:

PDF

Referências


Alexandratos, N.; Bruinsma, J. 2012. World agriculture towards 2030/2050. Food and Agriculture Organization of the United Nations.

Azevêdo, J.A.G.; Filho, S.C.V.; Pina, D.S.; Valadares, R.F.D.; Detmann, E. 2010. Predição de consumo de matéria seca por bovinos de corte em confinamento. BR-Corte 1-12.

Bolsa de Mercadorias e Futuros [BM&F]. 2014. Boi Gordo com Liquidação Financeira. BM&FBOVESPA. Disponível em: http://www.bmfbovespa.com.br/shared/iframe.aspx?altura=1200&idioma=pt-br&url=www.bmf.com.br/bmfbovespa/pages/contratos1/contratosProdutosAgropecuarios1.asp. Acessado em: 03 jun. 2014.

BRASIL. 1990. Secretaria Nacional de Defesa Agropecuária. Secretaria de Inspeção de Produto Animal. Padronização de cortes de carne bovina. Brasília: MA/SNAD/SIPA. 98p.

Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada [CEPEA]. 2014. Indicador Boi. Disponível em: http://cepea.esalq.usp.br/boi/#. Acessado em: 20 jun. 2014.

Crozzati, J. 2003. Planejamento estratégico e controladoria: Um modelo para potencializar a contribuição das áreas da organização. ConTexto 3: 1-20.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária [EMBRAPA]. 2014. Embrapa Gado de Corte. Problemas no Confinamento do Gado de Corte. Disponível em: http://www.cnpgc.embrapa.br/publicacoes/doc/doc64/06problemasconfinamento.html. Acesso em: 01 de Jun. 2014.

European Comission 2014. 2007-2013. Animal Health and Welfare. TRACES. 2007-2013. Disponível em: http://ec.europa.eu/food/animal/diseases/traces/index_en.htm. Acesso em: 05 jun. 2014.

Gaio, L.E.; Júnior, L.G. de C; Oliveira, A.R. 2005. Causalidade e elasticidade na transmissão de preço do boi gordo entre regiões do Brasil e a bolsa de mercadorias & futuros (BMF). Organizações Rurais & Agroindustriais 7(3): 282-297.

Hull. J.C. 2005. Fundamentos dos mercados futuros e de opções. 4. ed. São Paulo: Bolsa de Mercadorias e Futuros.

Jorge, A.M.; Fontes, C.A.A.; Freitas, J.A. 1997. Rendimento da carcaça e de diferentes cortes básicos de bovinos e bubalinos, abatidos em diferentes estádios de maturidade. Revista Brasileira de Zootecnia 26(5):1048-1054.

Neto, O.J. de O.; Figueiredo, R.S. 2008. Efetividade das operações do boi gordo no mercado futuro da BM&F para o Estado de Goiás.

Portal do investidor. 2014. Mercado Futuro. [Online]. Disponível em: http://www.cvm.gov.br/port/protinv. Acessado em: 20 de Março 2014.

Preston, T. R.; Willis, M. B. 1970.Intensive beef production. s.l. : Pergamon Press.

Santos, J.C.; Gomes, S.C. 2006. Padrões sazonal e cíclico para preço de boi gordo no estado de São Paulo. 1976-2004. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE ECONOMIA E SOCIOLOGIA RURAL, 44, 2006, Fortaleza. Anais... Fortaleza: SOBER/BNB, 2006.




DOI: https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2015.2.59

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Stefan Braren Damato, Suzana Eri Yotsuyanagi

Rev iPecege, Piracicaba, SP, Brasil. e-ISSN 2359-5078

 Licença Creative Commons Revista iPecege está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Indexadores e diretórios: