Retorno econômico da citricultura versus cultivo de grãos na região de Paranapanema - SP

Thiago da Rocha Ribeiro, Mônica Regina Franco

Resumo


Diante do atual cenário da economia brasileira, a agricultura tem se mostrado atrativa e sustentável, principalmente quando comparada a outros setores, incentivando novos investimentos no ramo. Mas, tanto para produtores tradicionais quanto para investidores iniciantes, há uma variedade enorme de culturas e sistemas de produção à disposição. Nesse contexto, a região de Paranapanema, no estado de São Paulo, é destaque na produção irrigada de grãos, e sua citricultura está em constante crescimento. Sendo assim, este trabalho buscou avaliar e comparar o retorno econômico da citricultura com a rotação de culturas irrigadas de grãos. Os parâmetros utilizados foram Valor presente líquido [VPL], Taxa interna de retorno [TIR], Valor Uniforme Líquido [VUL], Índice de Lucratividade [IL] e Payback Descontado. Para avaliação dos riscos foi utilizada avaliação estatística de números aleatórios gerados através do método de Monte Carlo. Os dados resultantes apresentaram que a cultura de laranja obteve VPL projetado de R$ 2.625.495,12, com 2,87% de probabilidade do mesmo ser negativo. Enquanto que o cultivo de grãos apresentou VPL de R$ 902.977,92, com 7,05% de chance de resultar em valor presente líquido negativo. Apesar das baixas probabilidades em obter-se VPL<0, ainda existe o risco de que os empreendimentos apresentem fluxos intermediários negativos, e que o produtor seja obrigado a recorrer a reservas de recursos ou captação por meio do crédito rural, ambas alternativas gerando impactos no resultado final. Diante do exposto, apesar de ambos os projetos serem viáveis, a citricultura demonstrou fornecer maior retorno econômico ao produtor rural. 


Palavras-chave


avaliação de projetos; monte carlo; retorno econômico; taxa interna de retorno; valor presente líquido

Texto completo:

PDF

Referências


Agrolink. 2016. Cotações ao produtor. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2016.

Banco Central do Brasil. 2016. Calculadora do Cidadão: Correção de valores. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2016.

Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada [CEPEA]. 2016. Séries Mensais. Disponível em: . Acesso em: 19 set. 2016

Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas a Agricultura [CEPAGRI]. 2016. Clima dos municípios Paulistas. Disponível em: . Acesso em 03 jul. 2016.

Centro Regional de Informação das Nações Unidas [UNRIC]. 2015. ONU projeta que população mundial chegue aos 8,5 mil milhões em 2030. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 2016.

Companhia nacional de abastecimento [CONAB]. 2016a. 8º Levantamento – Safra 2015/2016, Grãos. Disponível em: . Acesso em: 05 jun. 2016.

Companhia nacional de abastecimento [CONAB]. 2016b. Séries históricas, Brasil – Por produtos, grãos. Disponível em: . Acesso em: 05 jun. 2016.

Fundecitrus. 2016a. Greening / HLB. Disponível em: . Acesso em: 25 nov. 2016.

Fundecitrus. 2016b. Pesquisa e Desenvolvimento. Disponível em: . Acesso em: 25 nov. 2016.

Fundecitrus. 2016c. Alerta Fitossanitário. Disponível em: . Acesso em: 25 nov. 2016.

Instituto Brasileiro de Geografia Estatística [IBGE]. 2016. Cidades@: São Paulo>Paranapanema. Disponível em: . Acesso em: 03 jul. 2016.

Lapponi, J. C. 2007. Projetos de investimento na empresa. Editora Elsevier, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento [MAPA]. 2016. Citrus. Disponível em: . Acesso em: 09 jun. 2016.

Nascimento, S.V. 2010. Engenharia econômica: Técnica de avaliação e seleção de projetos de investimentos. Editora Ciência Moderna, Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Neves, M.F.; Lopes, F.F.; Trombin, V. G.; Amaro, A.A.; Neves, E.M.; Jank, M.S. 2007. Caminhos para a citricultura: Uma agenda para manter a liderança mundial. Editora Atlas, São Paulo, SP, Brasil.

Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura [FAO]. 2016. FAO discute demanda mundial por alimentos. Disponível em: . Acesso em: 06 jun. 2016.

Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico [OCDE-FAO]. 2015. Perspectivas agrícolas 2015-2024. Disponível em: . Acesso em: 07 jun. 2016.

Porto, G. 2016. Após admitirem cartel, indústrias de suco de laranja pagarão R$ 301 milhões ao Cade. Disponível em:

. Aceso em: 25 nov. 2016.

Receita Federal do Brasil. 2001. Instrução Normativa SRF N. 83, de 11 de outubro de 2001. Dispõe sobre a tributação dos resultados da atividade rural das pessoas físicas. Diário Oficial da União, Brasília, 16 out 2001. Seção 1, p. 13.

Receita Federal do Brasil. 2016. Imposto sobre a renda das pessoas físicas. Disponível em: . Acesso em: 19 set 2016

Reis, J.G.; Aragão, T.R. 2015. Viabilidade econômica da apicultura no município de Botucatu SP. Revista iPecege, 1(3): 26-35.

Silva, E.L., Ferreira, M.A.M; Monteiro, D.A.A. 2011. Viabilidade financeira da produção de feijão em sistema automatizado de irrigação por mini aspersão. Organizações Rurais & Agroindustriais – Revista Eletrônica de

Administração da UFLA 13(2):290-302.

Simões, D.; Cabral, A.C.; Oliveira, P.A. 2015. Citriculture economic and financial evaluation under conditions of uncertainty. Revista Brasileira de Fruticultura 37(4): 859-869.

Sistema IBGE de Recuperação Automática [SIDRA]. 2016. Produção Agrícola Municipal 2015. Disponível em: . Acesso em: 09 jun. 2016.

Sousa, T. R., Silva, A.C., Faria, R.Q; Silva Neto, S.P. 2013. Viabilidade econômica de cultivo da sucessão soja milho, em áreas próprias e arrendadas. XII SEMINÁRIO NACIONAL DE MILHO SAFRINHA, 12., 2013, Dourados. Estabilidade e produtividade: anuais. Disponível em:. Acesso em: 08 nov. 2016.




DOI: https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2017.4.35

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Thiago da Rocha Ribeiro, Mônica Regina Franco

Rev iPecege, Piracicaba, SP, Brasil. e-ISSN 2359-5078

 Licença Creative Commons Revista iPecege está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Indexadores e diretórios: