Análise da viabilidade econômica de uma Unidade de Beneficiamento de Sementes

Ana Paula Cunha, Ricardo Harbs

Resumo


O objetivo deste trabalho consiste em apurar a viabilidade econômica de instalação de uma Unidade de Beneficiamento de Sementes – UBS, em uma propriedade rural localizada no município de Brasília/DF. Antes do projeto (cenário A), a soja produzida com qualidade para semente era entregue à uma grande empresa do setor, que se encarregava das etapas de beneficiamento e comercialização, remunerando o produtor com uma bonificação de 9% sobre o preço da soja. Em um segundo momento (cenário B), considera-se que o produtor investirá na construção de uma UBS em sua propriedade, realizando o beneficiamento da soja e sendo remunerado com uma bonificação de 40% sobre o preço do produto entregue à empresa. Conhecendo os resultados gerados em cada cenário, é possível verificar qual será a variação da receita líquida operacional, proporcionada pelo investimento, e calcular indicadores de viabilidade financeira como Valor Presente Líquido – VPL, Taxa Interna de Retorno - TIR, Payback descontado – PBD e Índice de Rentabilidade - IR. Além destes indicadores, calculados sob a hipótese de uso de recursos próprios, o trabalho contém uma análise sobre as condições de financiamento do projeto. Quando se considera a obtenção de crédito, que possui uma taxa de juros real negativa, observa-se que o VPL sofre um aumento significativo, passando de R$ 11.082.279,19 (em caso de investimento com recursos próprios) para R$ 14.716.511,27.

Palavras-chave


processamento; sementes; soja

Texto completo:

PDF

Referências


Bacha, C.J.C. 2014. Tributação no Agronegócio: análise de seus impactos sobre preços, folha de pagamento e lucros. 2. ed. Campinas: Alínea. 116 p.

Barros, A.S.R.; Marcos Filho, J. 1997. Testes para avaliação rápida da viabilidade de sementes de soja. Revista Brasileira de Sementes, v. 19: 289-295.

Buarque, C. 1991. Avaliação econômica de projetos: uma apresentação didática. Rio de Janeiro: Campus, 266p.

Carvalho, N.M.; Nakagawa, J. 2000. Sementes: Ciência, Tecnologia e Produção. – 4. ed. Jabotical: Funep, 588p.

Contador, C.R. 2008. Projetos sociais: avaliação e prática. São Paulo: Atlas, 375p.

Costa, N.P.; Pereira, L.A.G.; França Neto, J.B.; Henning, A.A.; Krzyzanowski, F.C. 1994. Zoneamento ecológico do Estado do Paraná para produção de sementes de cultivares precoces de soja. Revista Brasileira de Sementes. Brasília, v.16, n.1: 12-19.

Dajoz, R. 1981. Ecologia Geral. Petrópolis: Vozes, 47p.

França Neto, J.B.; Krzyzanowski, F.C. 2000. Produção de sementes de soja: fatores de campo. Seed News. Pelotas, n.4, 20-23.

França Neto, J.B.; Krzyzanowski, F.C.; Pádua, G.P.; Costa, N.P.; Henning, A.A. 2007. Tecnologia da produção de semente de soja de alta qualidade - Série Sementes. Londrina: Embrapa Soja, 12p. (Circular Técnica, 40). Disponível em: http: www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/467586/1/circtec40.pdf. Acesso em: 03 jun. 2014.

Ross, S.A.; Westerfield, R.W.; Jaffe, J.F. 2007. Administração financeira: corporate finance. São Paulo: Atlas, 776p.

Ross, S.A.; Westerfield, R.W.; Jordan, B.D. 2002. Princípios de Administração Financeira. São Paulo: Atlas, 523p.

Thal, L.S. 1982. Sensitivity analysis - a way to make feasibility analysis work. Appraisal Journal, 50: 57-62.

Mankiw, N.G. 2000. Macroeconomics. New York: Worth Publishers, 553 p.




DOI: https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2015.3-4.36

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Ana Paula Cunha, Ricardo Harbs

Rev iPecege, Piracicaba, SP, Brasil. e-ISSN 2359-5078

 Licença Creative Commons Revista iPecege está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Indexadores e diretórios: