Comportamento de algumas indústrias de alimentos no Brasil sobre fatores que influenciam a inovação de produtos

  • Rosileide Siqueira Ferreira PECEGE, MBA em Gestão de Projetos – Avenida Pádua Dias, Bairro Agronomia, 13418-900, Piracicaba (SP), Brasil.
  • Ana Ligia Giraldeli Universidade de São Paulo (USP/ESALQ) http://orcid.org/0000-0002-7452-0370
Palavras-chave: estratégia, indústria alimentícia, pesquisa e desenvolvimento de produto, planejamento

Resumo

A indústria de alimentos tem grande importância na economia do país. Esta pesquisa teve como objetivo principal, obter através da ótica dos profissionais atuantes na indústria de alimentos no Brasil, dados referentes ao comportamento destas empresas, que possam ser considerados fatores críticos de influência ao processo de inovação de produto que pudessem vir a justificar o baixo nível de inovatividade dentro deste setor, que muito embora seja, altamente competitivo ainda possui grande campo de oportunidade a ser explorado no que tange a inovação de produto. Para tal foi elaborado um questionário online, pelo qual, a partir de sua devolutiva, foi possível identificar que por mais que haja apoio da alta direção nas empresas pesquisadas, em sua maioria empresa de médio a grande porte e em alguns casos um ambiente criativo, ainda são necessárias algumas mudanças de comportamento para alcançar maiores e melhores resultados com inovação de produtos, como alinhamento de comunicação, integração e engajamento entre as diversas áreas,  melhor provisão e gerenciamento de recursos tanto interno quanto externos: pessoal qualificado, recursos financeiros e planejamento de custo e prazo, além da necessidade de melhorar a mensuração dos resultados de inovação com metas não apenas para medir a eficácia das inovações, como também para desencadear melhorias dentro dos processos pelos quais as inovações são geradas e executadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rosileide Siqueira Ferreira, PECEGE, MBA em Gestão de Projetos – Avenida Pádua Dias, Bairro Agronomia, 13418-900, Piracicaba (SP), Brasil.
Estudante do PECEGE, MBA em Gestão de Projetos

Referências

Associação Brasileira da Indústria de Alimentos [ABIA]. 2016. ABIA divulga balanço do setor de alimentos e bebidas. Disponível em: <http://www.abia.org.br/vsn/tmp_2.aspx?id=319#sthash.8nKsNEgY.OEsia0Ni.dpbs. Acesso em: 17 jul 2017.

Davila, T.; Epstein, M.J.; Shelton, R. 2007. As regras da inovação. Editora Bookman, Porto Alegre, RS, Brasil.

Ellonen, R.; Blomqvist, K.; Puumalainen, K. 2008. The role of trust in organizational Innovativeness. European Journal of Innovation Management 11: 160-181.

Hair, J.; Babin, B.; Money, A.; Samouel, P. 2005. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Editora Bookman, Porto Alegre, RS, Brasil.

Jacoski, C.A.; Dallacorte, C.; Bieger, B.N.; Deimling, M.F. 2014. Análise do desempenho da inovação regional: um estudo de caso na indústria. Revista de Administração e Inovação 11: 71-88.

Jugend, D.; Silva, S.L. 2013. Inovação e desenvolvimento de produtos: práticas de gestão e casos brasileiros. Grupo Gen-LTC.

Leifer, R.; O'Connor, G.C.; Rice, M. 2002. A implementação de inovação radical em empresas maduras. Revista de Administração de Empresas 42: 17-30.

Mattos, J. R. L. 2008. Gestão da tecnologia e inovação. Editora Saraiva, São Paulo, SP, Brasil.

Manual, D.O. 2004. Proposta de diretrizes para coleta e interpretação de dados sobre inovação tecnológica. OCDE. Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico: Departamento Estatístico da Comunidade Europeia. Disponível em: < http://www.finep.gov.br/images/a-finep/biblioteca/manual_de_oslo.pdf >. Acesso em: 24 jun. 2017.

Pesquisa de Inovação [PINTEC]. 2014. Disponível em: <http://www.pintec.ibge.gov.br> Acesso em: 15 jul. 2017.

Schumpeter, J.A. 1939. Business cycles: a theoretical, historical, and statistical analysis of the capitalist process. McGraw-Hill. Disponível em: <http://docenti.lett.unisi.it/files/115/17/2/1/BusinessCycles_Fels.pdf>. Acesso em: 17 jul. 2017.

Suzigan, W. 2012. Industrialização brasileira em perspectiva histórica. História Econômica & História de Empresas 3: 7-25.

Tidd, J.; Bessant, J. 2015. Gestão da inovação. Editora Bookman, São Paulo, SP, Brasil.

Tidd, J.; Bessant, J.; Pavitt, K. 2005. Managing innovation: integrating technological, market and organizational change. West Sussex: John Wiley & Sons.

Publicado
23-09-2018
Como Citar
Ferreira, R., & Giraldeli, A. L. (2018). Comportamento de algumas indústrias de alimentos no Brasil sobre fatores que influenciam a inovação de produtos. Revista IPecege, 4(3), 40-48. https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2018.3.40
Seção
Artigo Original - Gestão de Negócios