Evolução de indicadores industriais e custos de produção do setor sucroenergético

Autores

  • Aline Bigaton UNICAMP e PECEGE/ESALQ/USP
  • João Marcos Meneghel de Moraes
  • Haroldo José Torres da Silva
  • João Henrique Mantellatto Rosa

DOI:

https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2018.2.77

Palavras-chave:

cana-de-açúcar, margens, perdas

Resumo

Esta publicação apresenta a evolução das perdas industriais comuns e produtividades industriais das usinas produtoras de açúcar e etanol de regiões do Brasil, bem como a associação desses fatores com os custos de produção dos produtos e suas margens de comercialização. As perdas apresentaram aumento ao longo das últimas safras, sendo 30% e 14,5% maiores para regiões Tradicional e Expansão, respectivamente. As produtividades, apesar de menores, apresentam estabilidade nas últimas três safras, consequência da qualidade de processos industriais. Os custos também são maiores, tanto para o açúcar branco quanto o etanol anidro, sendo as margens de comercialização do açúcar melhores do que o etanol, sendo o desempenho da região de Expansão melhor quanto à comercialização do etanol. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Eggleston, G; Legendre, B; Richard, C. 2001. Effect of harvest method and storage time on sugarcane deterioration I: cane quality changes. International Sugar Journal, 103(1232): 331-338

Fernandes, Antonio Carlos. 2011. Cálculos na agroindústria da cana-de-açúcar. 3ª ed. STAB, Piracicaba, SP, Brasil.

Godshall, M.A.; Legendre, B.L.; Richard, C.; Tiche, R. 2002. Effect of harvest system on cane juice quality. Proceedings of the 2000 Sugar Processing Research Conference, Porto, Portugal, 9-12.

Stupiello, J.P. 1992. Produção de aguardente: Qualidade da matéria-prima, p 9-21. In M.J.R. Mutton & M.A. Mutton. Aguardente de cana produção e qualidade. Funep. Jaboticabal, SP, Brasil.

Downloads

Publicado

04-06-2018

Como Citar

Bigaton, A., Meneghel de Moraes, J. M., Torres da Silva, H. J., & Mantellatto Rosa, J. H. (2018). Evolução de indicadores industriais e custos de produção do setor sucroenergético. Revista IPecege, 4(2), 77–81. https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2018.2.77

Edição

Seção

Artigo com caráter conjuntural