Influência de duas variáveis sobre o preço do biodiesel vendido em leilões públicos

Kallienny Costa Resende, Thiago Ricielli de Paula Aragão

Resumo


Desde novembro de 2014 é obrigatória a adição de 7% de biodiesel ao diesel. A venda do produto é regulamentada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis [ANP] e realizada bimestralmente através de leilões públicos. O combustível pode ser produzido a partir de diversos insumos, porém, o óleo de soja tem sido o principal utilizado até o momento. O presente trabalho teve como objetivo analisar a relação entre o preço do biodiesel com o preço de seu principal insumo e a oferta de biodiesel nos leilões. Foi analisado o preço do biodiesel nos leilões 28 ao 39, referentes ao primeiro bimestre de 2013 até o último bimestre de 2014. Para avaliar a influência das variáveis mencionadas sobre o preço do biodiesel utilizou a regressão linear simples e correlação de Pearson. O preço do óleo de soja mostrou ser responsável por 65,41% da variação do preço do biodiesel enquanto o volume ofertado foi responsável por 33,37%. A correlação do preço do biodiesel com o preço do óleo de soja foi de 0,81 e com o volume ofertado no certame foi de -0,58. O preço do óleo de soja corresponde a cerca de 80% dos custos de produção do biodiesel, portanto isto pode explicar a maior correlação entre as variáveis.

Palavras-chave


biocombustível; correlação; óleo de soja

Texto completo:

PDF

Referências


Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis [ANP]. 2014. Boletim Mensal do Biodiesel – Dezembro de 2014: Superintendência de refino, processamento de gás natural e produção de biocombustíveis. 13 p. ANP, Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil.

Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais [ABIOVE]. 2015. Cadeia Produtiva de Oleaginosas e Biodiesel: Estatística. Disponível em: . Acesso em 16 fev. 2015.

BiodieselBr. 2015. Estatísticas: Resultado de todos os leilões de biodiesel. Disponível em: . Acesso em 16 fev. 2015.

Brasil. 2005. Lei n. 11.097, de 13 de janeiro de 2005. Dispõe sobre a introdução do biodiesel na matriz energética brasileira; altera as Leis no 9.478, de 6 de agosto de 1997, 9.847, de 26 de outubro de 1999 e 10.636, de 30 de dezembro de 2002; e dá outras providências. Diário Oficial, Brasília, Distrito Federal, Brasil, 14 jan. 2005. Seção 1, p. 8.

Brasil. 2014. Lei n. 13.033, de 24 de setembro de 2014. Dispõe sobre a adição obrigatória de biodiesel ao óleo diesel comercializado com o consumidor final; altera as Leis nos 9.478, de 6 de agosto de 1997, e 8.723, de 28 de outubro de 1993; revoga dispositivos da Lei n. 11.097, de 13 de janeiro de 2005; e dá outras providências. Diário Oficial, Brasília, Distrito Federal, Brasil, 25 set. 2014. Seção 1, p. 3.

Dancey, C.P.; Reidy, J. 2006. Estatística sem matemática para psicologia: Usando SPSS para Windows. 3ed. Artmed, Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Kotler, P.; Keller, K.L. 2006. Administração de marketing. 12ed. Pearson Prentice Hall, São Paulo, São Paulo, Brasil.

Mendes, A.P.A.; Costa, R.C. 2010. Mercado brasileiro de biodiesel e perspectivas futuras. BNDES Setorial 31: 253-280.

Ministério de Minas e Energia [MME]. 2012. Portaria MME no 276, de 10 de maio de 2012. Diário Oficial da União, Brasília, Distrito Federal, Brasil, 11 de maio de 2012. Seção 1, p. 148.

Ministério de Minas e Energia [MME]. 2014. Boletim mensal dos combustíveis renováveis n.83, 2014. Disponível em: . Acesso em 16 fev. 2015.

Ministério de Minas e Energia [MME]. 2015. Biodiesel: Sobre o PNPB. Disponível em: . Acesso em 16 fev. 2015.

Nascimento, S.; Gallon, A.V.; Beuren, I.M. 2009. Formação de preços em empresa de transporte rodoviário de cargas. Pensar Contábil 11: 20-28.




DOI: https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2016.2.80

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Kallienny Costa Resende, Thiago Ricielli de Paula Aragão

Rev iPecege, Piracicaba, SP, Brasil. e-ISSN 2359-5078

 Licença Creative Commons Revista iPecege está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Indexadores e diretórios: