Déficit de armazenagem da produção agrícola do Tocantins

Rafael Alves da Silva, Flávio Carlos Dalchiavon

Resumo


O Tocantins é um grande produtor de grãos da região Norte do Brasil, porém, como outras importantes regiões do país em produção de grãos, não conta com infraestrutura adequada para armazenagem. Objetivou-se comparar o histórico da produção de grãos do Tocantins com a capacidade estática dos seus armazéns entre o período de 1990 a 2017, definindo os municípios e/ou regiões com maior potencial para instalação de novos empreendimentos de armazenagem. Utilizou-se como referência os dados de produção de grãos e dos armazéns cadastrados, ambos disponíveis na Companhia Nacional de Abastecimento, para avaliar a evolução e elaborar mapas da distribuição geográfica da capacidade estática e do déficit de armazenagem. O Tocantins se tornou, nos últimos anos, um dos principais produtores de grãos na região Norte do Brasil e ainda apresenta grande potencial de crescimento. Mesmo havendo crescimento na capacidade estática de armazenagem, este não tem acompanhado o crescimento da produção de grãos, o que justifica atualmente o déficit de armazenagem da produção em aproximadamente 2.512.305 de toneladas, representando 57,97% da produção total de grãos do estado. As regiões ou municípios que apresentam maiores déficits em capacidade estática e, consequentemente, melhores oportunidades para novas instalações na área de armazenagem são: Porto Nacional, Campos Lindos, Dianópolis, Lagoa da Confusão, Peixe, Caseara, Gurupi, Goiatins, Pium e Miracema do Tocantins.

Palavras-chave


agronegócio, capacidade estática, estocagem de grãos, milho, soja

Texto completo:

PDF

Referências


Brasil. 2001. Decreto n. 3.855, de 13 de julho de 2001. Regulamenta a Lei n 9.973, de maio de 2000, que dispõe sobre o sistema de armazenagem dos produtos agropecuários, e dá

outras providências. Disponível em: . Acesso em: 02 dez. 2016.

Companhia Nacional de Abastecimento [CONAB]. 2005. Armazenagem Agrícola no Brasil. Disponível em: . Acesso em: 19 fev. 2017.

Companhia Nacional de Abastecimento [CONAB]. 2016. Acompanhamento da Safra Brasileira. Safra 2015/2016. Décimo Segundo levantamento. Disponível em: < http://www.conab.gov.br/OlalaCMS/uploads/arquivos/16_09_21_09_59_00_boletim_12o_levantamento_da_ safra_2015-2016_-_tocantins_-agosto_2016.pdf>. Acesso em: 20 dez. 2016.

Companhia Nacional de Abastecimento [CONAB]. 2017a. Acompanhamento da Safra Brasileira. Safra 2016/2017. Quarto levantamento. Disponível em: . Acesso em: 22 jan. 2017.

Companhia Nacional de Abastecimento [CONAB]. 2017b. Série Histórica: Produção de Grãos por Unidade da Federação. Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2017.

Companhia Nacional de Abastecimento [CONAB]. 2017c. Consulta de Capacidade Estática. Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2017.

Companhia Nacional de Abastecimento [CONAB]. 2017d. Evolução da Capacidade Estática dos Armazéns. Disponível em: . Acesso em: 18 jan. 2017.

D’Arce, M.A.B. 2009. Pós colheita e armazenamento de grãos. Departamento de Agroindústria, Alimentos e Nutrição ESALQ/USP. Disponível em: . Acesso em: 02 dez. 2016.

Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes [DNIT]. 2015. Modais. Arquivo shapefile. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2017.

Elias, M.C. 2003. Armazenamento e Conservação dos Grãos. Pólo de Inovação Tecnológica em Alimentos da Região Sul, Conselho Regional de Desenvolvimento da Região Sul. Pelotas, RS, Brasil. Disponível em: . Acesso em: 02 dez. 2016.

Fernandes, Q.S.; Rosalem, V. 2014. O cenário da Armazenagem no Brasil. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer 19: 352-360.

Giovine, H.; Christ, D. 2010. Estudo sobre processos de armazenagem de grãos – um estudo de caso – região de Francisco Beltrão – PR. Ciências Sociais Aplicadas em Revistas 10: 139-152.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística [IBGE]. 2015. Malha Municipal do Tocantins. Disponível em: . Acesso em: 10 jan. 2017.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística [IBGE]. 2016. Área Territorial Oficial. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2016.

Lima Júnior, A.F.; Oliveira, I.P.; Rosa, S.R.A.; Silva, A.J.S.; Morais, M.M. 2012. Controle de Pragas de Grãos Armazenados: Uso e Aplicação de Fosfetos. Faculdade Montes Belos 5: 180-184.

Maia, G.B.S.; Pinto, A.R.; Marques, C.Y.T.; Lyra, D.D.; Roitman, F.B. 2013. Panorama da Armazenagem de Produtos Agrícolas no Brasil. BNDES 40: 161-194.

Mendes, J.T.G.; Padilha Junior, J.B. 2007. Agronegócio: Uma Abordagem Econômica.1ed. Pearson Prentice Hall, São Paulo, SP, Brasil.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento [MAPA]. 2011. Instrução normativa n. 29, de 08 de junho de 2011. Dispõe sobre os requisitos técnicos obrigatórios ou recomendados para certificação de unidades armazenadoras em ambiente natural. Diário Oficial da União, Brasília, 09 jun. 2011. Seção 1, p.9-15.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento [MAPA]. 2013. Instrução Normativa nº 24, de 9 de julho de 2013, do Ministério da Agricultura e Abastecimento. Altera o escalonamento de implantação do Sistema Nacional de Certificação de Unidades Armazenadoras estabelecido na Instrução Normativa nº 41, de 14 de dezembro de 2010. Disponível em: . Acesso em: 23 jan. 2016.

Nogueira Junior, S.; Nogueira, E.A. 2007. Centrais Regionais de Armazenagem como apoio à Comercialização de Grãos: Panorama do Mercado Agrícola. Instituto de Economia Agrícola. Informações Econômicas 37: 27-32.

Nogueira Junior, S.; Tsunechiro, A. 2005. Produção Agrícola e Infra-estrutura de Armazenagem no Brasil. Informações Econômicas 35: 7-18.

Nogueira Junior, S.; Veiga Filho, A.A.; Tsunechiro, A.; Donzelli, P.L.; Alfonsi, R.R. 1989. Produção de Grãos e Armazenagem a Granel no Estado de São Paulo. Agricultura em São Paulo 36: 1-16.

Perobelli, F.S.; Vale, V.A.; Belgo, T.M.; Lanziotti, F. 2016. Avaliação Espacial das Fontes de Crescimento de um Conjunto de Commodities Agrícolas Brasileiras Exportáveis entre 20032013. Revista de Economia e Agronegócio 14: 1-40.

Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária [SEAGRO]. 2016. Agricultura. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2016.

Silva, J.S.; Campos, M.G.; Silveira, S.F. 2008. Armazenagem e comercialização de grãos no Brasil. p. 1-19. In: Silva, J.S. Secagem e Armazenagem de Produtos Agrícolas. 2ed. Aprenda Fácil. Viçosa, Minas Gerais, MG, Brasil.

Tavares, C.E.C. 2017. Estimativa do Escoamento das Exportações do Complexo Soja e Milho pelos Portos Nacionais: safra 2016/2017. Compêndio de Estudos CONAB 6: 1-23.




DOI: https://doi.org/10.22167/r.ipecege.2018.1.19

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 Rafael Alves da Silva, Flávio Carlos Dalchiavon

Rev iPecege, Piracicaba, SP, Brasil. e-ISSN 2359-5078

 Licença Creative Commons Revista iPecege está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Indexadores e diretórios: